Os arouquenses colocaram-se em vantagem por Dabbagh, aos oito minutos, mas o Leixões acabou por restabelecer a igualdade através de Miguel Ângelo, aos 76, jogador lançado por Vítor Martins no segundo tempo e que acabou por se revelar decisivo.

Após um forte domínio inicial, os caseiros conseguiram o 1-0, por intermédio de Dabbagh, que rematou com colocação para o fundo das redes, após um contra-ataque que contou com um passe decisivo de Bukia.

Aos 66 minutos, Miguel Ângelo tirou um cruzamento que descobriu Valente dentro de área, mas, em frente à baliza, o avançado acabou por rematar por cima.

Numa altura em que o Leixões começava a criar algum perigo, na sequência de um canto, Arruabarrena socou a bola para o meio da grande área, onde apareceu Miguel Ângelo a aproveitar a confusão para repor a igualdade na partida (76).

Aos 79 minutos, Kiki Silva isolou-se nas costas da defensiva arouquense e acabou por ser abalroado pelo guarda-redes uruguaio, que foi prontamente expulso pelo árbitro Tiago Martins.

Com este resultado, o Leixões soma sete pontos no Grupo G da Taça da Liga e fica próximo do apuramento para os ‘quartos’, enquanto o Arouca, que é segundo, conta apenas dois, ainda que tenha mais uma partida por disputar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.