Miguel Oliveira manteve-se, assim, no terceiro lugar do campeonato, com 59 pontos, agora a 16 do líder, o italiano Franco Morbidelli (Kalex), que caiu a 17 voltas do fim e falhou a hipótese de somar o quarto triunfo consecutivo.

O piloto luso pontuou em todas as provas de 2017, pois tinha sido quarto no Qatar, segundo na Argentina e sexto no Grande Prémio das Américas, em Austin.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.