Depois do cancelamento da prova no ano passado devido à pandemia da covid-19, o Rally de Portugal está de volta e a prova começa já no dia 20 de maio, quinta-feira, com o tradicional Shakedown a ter lugar em Paredes antes da partida oficial em Coimbra.

No dia seguinte, o Rally ruma à região Centro do país para passar por Arganil, Góis, Lousã e Mortágua. Recorde-se que a prova que faz parte do circuito do Campeonato do Mundo de Rally regressou a esta região nacional em 2019, 18 anos depois da última passagem. A etapa de dia 21 de maio termina com uma Super Especial no Euro Circuito de Lousada.

No sábado, dia 22 de maio, a competição começa Vieira do Minho, seguindo depois para a Serra da Cabreira e Amarante, fechando o dia com uma Super Especial na Foz do Porto.

No domingo, último dia da prova, é de Felgueiras que começa a prova, passando depois por Montim e Fafe para fechar o Rally cuja cerimónia de pódio acontece nesse mesmo dia em Matosinhos.

Sébastien Ogier (sete vezes campeão do mundo), Ott Tanak (uma vez campeão do mundo e vencedor do último Rally de Portugal), Thierry Neuville (vencedor do Rally nacional em 2018) e até André Villas-Boas (esse mesmo, antigo treinador de Porto, Chelsea e, mais recentemente, Marselha) são algumas das atrações do 54.º Rally de Portugal, uma das provas rainha do automobilismo nacional.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.