Depois das vitórias sobre Senegal (7-1) e Japão (4-2), a formação comandada por Mário Narciso só precisava de um empate para erguer o troféu e foi precisamente esse o resultado que se registava no final do primeiro período, com golos de Rúben Brilhante, para Portugal, e José Cintas, para a Espanha.

No segundo terço, Bruno Torres e Jordan Santos recolocaram a equipa das quinas em vantagem, antes de Belchior dilatar o marcador no terceiro período.

Pouco depois, David Ardil reduziu para os espanhóis, fechando as contas da partida.

Com três triunfos no mesmo número de jogos, Portugal terminou o Mundialito com nove pontos, enquanto a Espanha foi terceira, com três.

No outro jogo da última ronda do Mundialito, o Senegal bateu o Japão, por 3-2, após prolongamento, e assegurou o segundo posto da prova, com seis pontos. Já os nipónicos ficaram no último lugar, sem qualquer ponto.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.