“Assim como encarei tudo como profissional, este será o jogo mais difícil. Tentarei esclarecer tudo isto e ser o Rafa Marquez que todos conhecem”, disse o jogador

Rafael Márquez foi implicado pela justiça dos Estados Unidos numa rede de tráfico de droga que envolve 22 mexicanos e 42 empresas encabeçados pelo narcotraficante Raúl Flores Hernández.

O antigo futebolista do FC Barcelona e capitão da seleção do México, que, aos 38 anos, representa o Atlas do seu país, terá como cúmplice o cantor Julión Álvarez.

“Nego qualquer tipo de relação com organizações criminais, mas compreendo a situação jurídica em que me encontro”, esclareceu o jogador.

Marquez pediu respeito para a sua família fazer frente a uma “situação que não é normal e difícil”.

O jogador aproveitou para agradecer todas as “mensagens de apoio e motivação” que tem recebido: “sei que muita gente está comigo e não os vou defraudar”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.