Os dois jogadores integram o boletim clínico divulgado pelo Benfica, sendo que, para já, vão ficar de fora das opções de Jorge Jesus para a partida da terceira eliminatória da prova 'rainha', agendada para sábado, às 21:15, no reduto da equipa do Campeonato de Portugal.

Permanece a dúvida sobre se o avançado uruguaio e o médio alemão estarão livres para defrontar Rangers, em 26 de novembro, para a Liga Europa, e Marítimo, quatro dias depois, para a I Liga, tendo em conta o período de isolamento definido para casos positivos (10 dias).

Nos últimos dias, Darwin Núñez esteve ao serviço da seleção do Uruguai, na qual se registou um surto de infeções, que afetou os jogadores Luis Suárez, Lucas Torreira, Matías Viña, Rodrigo Muñoz, Diego Rolín e Diego Rossi, além de outros cinco membros da comitiva uruguaia, incluindo o médico Alberto Pan.

As 'águias' já tinham registado dois casos de infeção com o novo coronavírus nos últimos meses. Primeiro, o médio David Tavares, que, entretanto, foi emprestado ao Moreirense, e em setembro foi o guarda-redes Svilar a ter um teste positivo, que o afastou da competição durante um mês.

Além de Darwin e Weigl, o Benfica tem mais quatro 'baixas' para a partida de sábado: André Almeida, Todibo e Pedrinho continuam a recuperar das respetivas lesões, enquanto o lateral Nuno Tavares contraiu uma "rotura muscular na anca direita" e juntou-se aos indisponíveis.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.