Pedro Madeira Rodrigues formalizou hoje a sua candidatura aos órgãos sociais do Sporting Clube de Portugal. A formalização foi feita por Pedro Ribeiro Ferreira, mandatário da campanha, que entregou no Estádio José Alvalade ao presidente da Assembleia Geral, Jaime Marta Soares, os dossiês com as listas dos candidatos que compõe a candidatura bem como as assinaturas (1000) exigíveis para concorrer ao ato eleitoral.

Em declarações à imprensa no Hall Vip do Estádio de Alvalade, Ribeiro Ferreira, neto de António Ribeiro Ferreira, presidente leonino que conquistou 7 campeonato na década 40 e 50 do século passado, garantiu "gostar do trabalho de Bruno Carvalho", presidente e também candidato, mas que Madeira Rodrigues pode, caso seja eleito, fazer mais do que o atual presidente fez pelo clube.

“Sempre fui um pró-Bruno de Carvalho, fez um excelente trabalho e está a ser um bom presidente. Mas conhecendo Pedro Madeira Rodrigues, a pessoa mais determinada, mais cega pelo Sporting que conheço, se calhar ainda mais que Bruno de Carvalho, acho que é ainda melhor, é capaz de ir mais longe”, confessou.

Recordando que no ano passado a equipa de futebol esteve muito perto do título e que “se tivéssemos sido campeões, não estaríamos a apresentar uma alternativa”, adiantou que é bom que exista uma “alternativa para os sportinguistas terem possibilidade de escolher entre dois candidatos”, disse Ribeiro Ferreira.

Alertando para o facto de todos serem “sportinguistas” e não apontando defeitos ao estilo de liderança do atual presidente leonino, sublinhou que “Bruno de Carvalho tem o seu estilo (que elogia) e "personalidade”, e que o Sporting “estava a precisar de alguém como ele por algum tempo”, mas que Pedro Madeira Rodrigues “é um Bruno de Carvalho talvez um pouco mais polido. Com o Pedro, podemos dar essa alavanca e passar do ‘quase’ a ganhar.

Questionado sobre o que diferencia os dois candidatos, referiu não existirem “grandes diferenças” e que ambos “querem ver o Sporting na frente”. No entanto, diz que “com a nossa equipa podemos lá chegar, com Bruno de Carvalho esteve quase, mas não chegou”.

Pedro Ribeiro Ferreira, mandatário da candidatura de Madeira Rodrigues, apelou ainda esta quarta-feira a alguma contenção na linguagem durante o período eleitoral. Escusando-se a comentar as declarações de Daniel Sampaio que acusou a candidatura de Madeira Rodrigues de “amadorismo” aproveitou para relembrar que é “amigo do Daniel e dos filhos dele” e pediu para os sportinguistas estarem "unidos" porque “temos muitos adversários de fora e não precisamos de andar aos tiros uns aos outros”. Por esse facto, vai pedir “moderação ao meu amigo Pedro e ao atual presidente Bruno de Carvalho”, referiu lembrando que se deve "respeitar esta grande instituição para o bem do Sporting".

A campanha eleitoral à presidência do Sporting Clube de Portugal arranca no próximo dia 6 de fevereiro. As eleições acontecem no próximo dia 4 de março.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.