Ellsay embateu no bandeira amarela, que fazia sinalização apeado, nos quilómetros iniciais da segunda tirada, com ambos a serem transportados para o hospital Padre Américo – Vale do Sousa.

Fonte da organização da Volta a Portugal precisou à Lusa que o prognóstico dos dois acidentados é “grave”, que as duas ambulâncias que acompanhavam a prova foram retiradas da etapa e que o médico da corrida foi a acompanhar um dos acidentados.

Entretanto, outras duas ambulâncias já se juntaram à caravana da prova.

À partida da segunda etapa, que liga Paredes ao alto da Senhora da Graça, no total de 167 quilómetros, alinharam os 98 ciclistas inscritos nesta Volta a Portugal, com Nigel Ellsay a ser o primeiro desistente.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.