O responsável falava no painel “Fim do emprego para a vida: perspetivas dos mais jovens em relação ao emprego”, no âmbito do Encontro Fora da Caixa “Os desafios da Economia e a Importância do Emprego”, iniciativa da CGD, que decorreu na Escola Náutica Infante D. Henrique, em Oeiras.

“Eu julgo que neste momento, pela forma como o Governo tem conduzido o processo e pela forma como os parceiros sociais se têm empenhado também nesta questão, eu estou convencido que há todas as condições para aprovarmos até setembro/outubro um amplo acordo social incidente sobre as questões da competitividade e dos rendimentos, sobretudo num contexto como este”, disse Francisco de Assis, aludindo ao impacto da guerra, inflação elevada, subida das taxas de juros, entre outros fatores.

“Confio na capacidade dos vários intervenientes neste processo”, rematou.

A legislação relativa à Agenda do Trabalho Digno foi aprovada em Conselho de Ministros em 02 de junho último.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.