De acordo com a informação remetida à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) da empresa fixou-se em 238,4 milhões de euros, um aumento de 4,6% face ao período homólogo.

O aumento do EBITA resultou, segundo a empresa, do “desempenho positivo em Portugal e o aumento da contribuição do negócio no Chile (+3,7 milhões de euros) para os resultados da empresa”.

Entre janeiro e junho, os resultados financeiros situaram-se em 15,1 milhões de euros negativos, que comparam com 18 milhões de euros negativos apurados no primeiro semestre de 2021.

Segundo a REN, estes e o aumento de 6,5 milhões de euros do EBIT foram os principais impulsionadores do aumento dos lucros, apesar de parcialmente deduzidos pelo aumento de impostos (+2,2 milhões de euros) e do peso da CESSE (+0,9 milhões de euros) face ao crescimento de RAB.

O CAPEX (investimento) desceu 0,7% para 78,8 milhões de euros e o RAB médio subiu 2,5% para 3.602 milhões de euros.

Já a dívida líquida da empresa caiu 17,3% em termos homólogos para 2.099,4 milhões de euros.

Segundo a REN, “o consumo de energia elétrica cresceu 2,9 % no primeiro semestre do ano, face a idêntico período do ano passado, ou 3,0% com correção de temperatura e dias úteis”.

“Já o consumo de gás natural registou uma ligeira queda homóloga de 1,2%, resultado de um recuo de 22% no segmento convencional e de um crescimento de 49% no segmento de produção de energia elétrica”, detalha.

No primeiro semestre, a produção renovável abasteceu 47,5% do consumo de energia elétrica, repartida pela eólica com 25%, hidroelétrica com 11%, biomassa com 7% e fotovoltaica com 5%.

A REN destaca ainda que num semestre marcado pela seca em todo o país, o índice de produtibilidade hidroelétrica ficou-se apenas pelos 0,34 (média histórica igual a 1).

“A produção a gás natural abasteceu 31% do consumo – o valor mais elevado de sempre para o primeiro semestre, enquanto os restantes 21% corresponderem ao saldo importador, igualmente o valor mais elevado registado no sistema elétrico nacional”, aponta.

As ações da REN fecharam hoje a subir 0,36% para 2,77 euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.