A informação hoje divulgada pela Aeroportos de Portugal – ANA refere que esta nova ligação é realizada com recurso a um AirbusA320, uma aeronave que tem capacidade para 180 lugares.

“É uma excelente notícia para o turismo e, consequentemente, para a economia regional”, diz o secretário do Turismo e Cultura da Madeira na informação difundida.

Eduardo Jesus argumenta que esta nova operação da Swiss “é muito importante”, dado o “mercado que representa, no centro da Europa, para onde confluem igualmente muitos viajantes de países limítrofes, que utilizam os aeroportos da Suíça para voar para todo o lado, funcionando quase como um hub internacional”,

O governante madeirense complementa que “vem reforçar a presença de mais companhias aéreas neste movimento crescente a que a Madeira tem assistido na retoma turística” da Madeira.

A rota será operada pela Edelweiss, subsidiária da Swiss International Air Lines (SWISS), que vem reforçar a “conetividade aérea da região a mais um novo destino, garantido desta forma ligações diretas aos principais aeroportos na Suíça a partir do aeroporto da Madeira, durante o inverno”, adianta a nota.

Por seu turno, o responsável da ANA, Francisco Pita, declara que “esta nova rota vem confirmar a diversificação do mercado turístico da Madeira e demonstrar uma vez mais o potencial desta Região, com características únicas”.

Francisco Pita sublinha que representa ainda que a Swiss faz um reforço da “sua aposta em Portugal, tendo agora ligações diretas de Genebra aos cinco principais aeroportos portugueses”.

“A ANA Aeroportos de Portugal e a VINCI Airports continuam assim a apostar no desenvolvimento da conetividade da Madeira, acreditando no sucesso desta ligação e no crescimento da sua oferta para a Região”, enfatiza.

O representante da Swiss, Romani Vetter, fala da “enorme satisfação” da companhia em adicionar a Madeira à rede dos destinos portugueses com a realização deste voo semanal a partir de Genebra.

“Estamos confiantes de que a escolha deste destino corresponde às expectativas dos nossos passageiros”, realça.

O responsável menciona que esta decisão está relacionada com o fato de a “Madeira ser conhecida pela sua natureza preservada e paisagens deslumbrantes”.

Na sua opinião, esta região é “o destino ideal para os entusiastas do desporto e para a família em busca de autenticidade”.

A nota recorda que os aeroportos portugueses reforçaram as medidas de segurança sanitária que estão implementadas em todo o percurso do passageiro.

Quanto ao Aeroporto da Madeira está certificado – pelas medidas implementadas no âmbito do covid-19 pelo Turismo de Portugal com a atribuição do selo Clean&Safe e pelo Bureau Veritas a nível internacional.

Ainda recebeu também a Certificação de Boas Práticas na Gestão de Riscos Biológicos e foi distinguido pelo Airport Coucil Internacional (ACI) Europa como Best Hygiene Measures na sua categoria, salienta a informação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.