“Todos os americanos devem rejeitar o elogio do Presidente devido a um violento ataque contra um jornalista que faz o seu trabalho, protegido pela Constituição”, disse Oliver Knox, presidente da associação, em comunicado.

Oliver Knox referiu que o elogio de Donald Trump “equivale a celebrar um crime”.

Greg Gianforte, que representa o Estado do Montana na Câmara dos Representantes em Washington, teve um desentendimento em 2017 com um repórter do jornal britânico The Guardian, Ben Jacobs, e atirou-o ao chão.

O parlamentar foi depois condenado a seis meses de prisão, com pena suspensa, e 40 horas de serviço público.

O Presidente Trump descreveu Greg Gianforte como “um incrível líder do Montana”.

“Aliás, nunca lutem com ele. Um homem que consegue fazer um ‘body slam’ é o meu tipo de homem”, disse Trump, numa alusão à agressão.

O ‘body slam’ é um movimento de luta que consiste em levantar o adversário e jogá-lo ao chão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.