Inicialmente, as agências noticiosas russas referiram a existência de uma segunda explosão numa estação próxima, mas não há ainda qualquer confirmação oficial, escreve a agência Bloomberg, que cita a russa Interfax.

Esta agência diz que a bomba parece ter sido colocada no comboio e não detonada por um bombista suicida.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.