"Compreendemos perfeitamente que muitas pessoas destas comunidades têm preocupações sobre o seu futuro, os seus direitos, mas felizmente há garantias de ambos os governos e acredito que qualquer que seja o desfecho do Brexit, os direitos serão muito bem protegidos", disse.

Christopher Sainty fez estas declarações após uma audiência com o presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, na sequência de uma visita de dois dias à região autónoma.

O Reino Unido acolhe uma das maiores comunidades madeirenses ao nível da Europa, ao mesmo tempo que a comunidade britânica residente no arquipélago é também bastante significativa.

"Obviamente as pessoas têm perguntas, dúvidas, e uma das nossas funções é comunicar essas dúvidas às autoridades portuguesas e britânicas", disse o embaixador, realçando que durante a visita manteve também uma reunião com 20 representantes da comunidade residente na ilha.

Do ponto de vista dos emigrantes portugueses, Christopher Sainty explicou que a principal preocupação tem a ver com o futuro direito de residência, bem com o acesso a serviços públicos, serviços saúde e serviços sociais.

"Depois da nossa saída [da União Europeia], haverá uma nova lei de imigração no Reino Unido e vai acabar a livre circulação de pessoas, mas acredito que haverá sempre possibilidades de os portugueses irem trabalhar ou estudar no nosso país", disse.

O diplomata britânico, que desempenha funções de embaixador em Portugal desde outubro de 2018, indicou, por outro lado, que ainda não é possível determinar o impacto que o ‘Brexit’ terá ao nível do turismo, considerando que o Reino Unido é um dos mais importantes mercados emissores para Portugal e, em particular, para a Madeira.

"É certo que no último ano vimos uma pequena diminuição no número de turistas britânicos a visitar Portugal e a Madeira", disse, sublinhando, no entanto, que o processo do ‘Brexit’ é apenas um dos fatores, havendo a considerar também a desvalorização da libra e o surgimento de outros destinos "mais económicos e atrativos" para os britânicos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.