Putin reuniu-se com o cahnceler Wang Yi em São Petersburgo e desse encontro Yi afirmou que "o mundo evolui rapidamente para a multipolaridade”, indicou a agência Xinhua.

"Ambas as partes precisam fortalecer a cooperação multilateral estratégica, proteger os seus direitos e interesses legítimos e fazer novos esforços para promover a ordem internacional rumo à igualdade e justiça", acrescentou.

Putin disse ao chanceler chinês que as suas posições “coincidem em relação ao surgimento de um mundo multipolar”, informou a mesma agência.

Agora, Putin vai visitar a CHina em outubro a convite de Yi, onde se irá em princípio se irá reunir com Xi Jinping. Os laços entre a China e a Rússia vão se tornando mais fortes desde o início da ofensiva russa na Ucrânia, em fevereiro de 2022.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.