"O viajante permanece em confinamento numa residência, no concelho do Funchal. Análises laboratoriais e a investigação epidemiológica estão em curso", refere a entidade, em comunicado.

O IASAÚDE sublinha que a Madeira mantém o total de 92 casos de covid-19, já com 90 recuperados e apenas dois ativos, sem necessidade de cuidados hospitalares.

"Os casos ativos, diagnosticados na terceira semana de junho, no contexto das atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira, permanecem em unidade hoteleira dedicada a confinamento", esclarece.

Até ao dia 01 de julho, foram contabilizadas no arquipélago da Madeira 1.547 notificações de casos suspeitos de covid-19, das quais 92 foram casos confirmados.

O IASAÚDE refere, por outro lado, que durante o dia de hoje foram efetuadas 340 colheitas para teste à covid-19 no âmbito da operação de rastreio de viajantes nos aeroportos da Madeira e Porto Santo.

"Os restantes passageiros apresentaram resultados de testes PCR realizados nas últimas 72 horas ou enquadravam-se em situações de excecionalidade previstas na regulamentação em vigor na Região Autónoma da Madeira", assinala.

No total, 1.644 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, 340 das quais encontram-se em vigilância ativa e 1.304 em autovigilância.

O Laboratório de Patologia Clínica do Serviço de Saúde da Madeira processou até hoje 23.460 amostras, abrangendo 20.418 utentes.

Em Portugal, morreram 1.587 pessoas das 42.782 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 516 mil mortos e infetou mais de 10,71 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.