Segundo o último balanço das autoridades de saúde, o número de casos confirmados no último dia ascendeu a 27.543 e as mortes a 496, quando na véspera tinham sido registadas 524.

Desde o início da pandemia da covid-19 em março, a Rússia conta 2.215.533 infetados, dos quais morreram 38.558.

Nas últimas 24 horas foram consideradas curadas 26.682 pessoas, o que faz subir o total de recuperados no país para 1.712.174.

Em Moscovo, epicentro da pandemia no país, registaram-se nas últimas 24 horas 7.918 casos (no dia anterior foram 6.075) e morreram 77 pessoas devido à doença.

O presidente da câmara de Moscovo, Serguei Sobianin, anunciou na quinta-feira o prolongamento até 15 de janeiro de algumas restrições como o confinamento para os maiores de 65 anos e o teletrabalho para 30% dos trabalhadores das empresas.

A Rússia é o quinto país com mais casos de covid-19 confirmados em todo o mundo, depois dos Estados Unidos, Índia, Brasil e França.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.