Paddy Cosgrave tem utilizado as suas redes sociais para comentar o conflito entre Israel e o Hamas e na última terça-feira salientou mesmo que "os crimes de guerra são crimes de guerra, mesmo quando cometidos por aliados e devem ser denunciados pelo que são".

Estas declarações não foram bem recebidas por Israel, que já recusou a participação na próxima edição, e o seu Embaixador em Portugal criticou mesmo a posição de Paddy, mesmo após o seu pedido de desculpas, que surgiu horas depois da sua publicação nas redes sociais.

“Não preciso de um pedido de desculpas dele. Não preciso, a sério. Temos problemas muito mais importantes para resolver. Mas preciso de ver uma condenação e preciso que todos aqueles que se apelidam de liberais compreendam que se tratou de um ato contra o liberalismo. E convido o CEO da Web Summit a realizar a próxima edição em Gaza”, disse Dor Shapira, Embaixador de Israel em Portugal, em entrevista à SIC, questionando depois como "é que ele e os seus alegados amigos ‘liberais’ conseguem sobreviver um dia na Faixa de Gaza, sob o regime de uma organização terrorista e radical”.

Dor Shapira, refira-se, concedeu esta entrevista ainda antes do pedido de desculpa de Paddy Cosgrave, mas este manteve a sua opinião. “Não falo com hipócritas”, referiu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.