Entre os hospitalizados estão 31 mulheres grávidas.

Uma idosa de 90 anos que apresentava sinais e sintomas não resistiu à infeção e acabou por morrer e hoje um homem de 72 anos, doente oncológico terminal, morreu supostamente depois de ter sido contaminado. A relação desta segunda morte com a infeção provocada pela bactéria 'Listeria monocytogenes' ainda está a ser analisada.

Os produtos responsáveis pelo surto são “chincharrón” andaluz (gordura de porco frita), lombo de Jerez, lombo com pimentão, e lombo caseiro temperado com pimentão, da marca “La Mechá” tendo o Ministério da Saúde espanhol recomendado à população que não consuma os produtos de carne embalada desta marca.

O Ministério da Saúde espanhol aconselhou igualmente as pessoas que já consumiram os produtos da marca “La Mechá” a consultar os serviços médicos caso apresentem algum sintoma de terem sido afetados pela bactéria.

De acordo com informação disponível no ‘site’ SNS24 do Serviço Nacional de Saúde, a listeriose pode causar febre, calafrios, dores musculares, enjoo, vómitos, diarreia.

Todos os produtos embalados identificados pelo Ministério da Saúde espanhol foram distribuídos na Andaluzia e em Madrid, exceto o lombo caseiro temperado com pimentão que foi comercializado apenas na Andaluzia.

Entretanto, a Direção Geral de Saúde Pública da Junta da Andaluzia está a realizar testes a outros produtos da empresa Magrudis, de Sevilha, que produz os embalados de carne "La Mechá".

Em Portugal, a Direção Geral de Alimentação e Veterinária esclareceu na quarta-feira que a carne contaminada com a bactéria 'Listeria monocytogenes' da marca “La Mechá” e os produtos com origem no fabricante (Magrudis) espanhol, não são comercializados em território português.

A listeriose é uma infeção causada pela bactéria 'Listeria monocytogenes', habitualmente associada ao consumo de alimentos contaminados.

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária alerta os viajantes que tenham como destino as regiões de Madrid e Andaluzia, para a necessidade de adoção de medidas preventivas, nomeadamente a eliminação de produtos da marca que eventualmente possam ter adquirido.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.