Em comunicado, a GNR acrescenta que, no âmbito da referida operação, realizada na noite de domingo, foram sinalizadas, para a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, 10 crianças, algumas com apenas alguns meses de idade, “em virtude de estarem expostas a um elevado perigo”, por assistirem àquele tipo de eventos sem estarem reunidas “as necessárias medidas de segurança” para os espetadores.

A operação resultou ainda em 44 autos de contraordenação ao Código da Estrada e legislação regulamentar e dois autos de contraordenação no âmbito do imposto sobre veículos.

Foi também detida uma mulher, de 21 anos de idade, pelo crime de tráfico de estupefacientes.

“Resultante da atividade policial, desenvolvida de forma permanente e contínua, foi possível apurar que o evento, que contava com cerca de 300 pessoas, decorria sem qualquer licenciamento, num local com histórico de organização de eventos similares, sem qualquer tipo de segurança, associados ao consumo de produtos estupefacientes e com registo de vários acidentes de viação envolvendo menores, manobras perigosas e motociclos”, lê-se ainda no comunicado.

No decorrer da operação, foram fiscalizados veículos automóveis e motociclos, tendo sido intercetados e fiscalizados dezenas de condutores.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.