O mais recente foco de infeção de covid-19 do concelho, registado no lar da Santa casa da Misericórdia de Aljubarrota, “está a aumentar e a ramificar para familiares com suspeitas de infeção”, disse à Lusa o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio.

Dos 35 idosos do lar, “27 testaram positivo e mais dois aguardam confirmação”, explicou, acrescentando que, no que toca aos trabalhadores da instituição, “há seis positivos”, entre os cerca de 70 testados.

Porém, acrescentou, “falta ainda conhecer, entre hoje e amanhã [quarta-feira], o resultado de mais de meia centena de testes”.

Os números são “preocupantes” para o presidente desta autarquia do distrito de Leiria, que já determinou “o encerramento da creche”, a funcionar no mesmo edifício do lar, mas numa ala separada.

A câmara solicitou a intervenção da GNR “na desinfeção de todo o edifício” e remeteu para quarta-feira, quando forem conhecidos os resultados de todos os testes, o anúncio de “novas medidas” que vão ser decididas em conjunto com as autoridades de saúde.

O foco na Santa Casa foi conhecido no sábado, na sequência do internamento de dois idosos "com patologias respiratórias" no Hospital de Leiria, onde "foram testados com resultado positivo para a covid-19", disse à agência Lusa o provedor da instituição, José Carvalho.

Os dois idosos, de 72 e 82 anos, "encontram-se internados e estáveis", informou esta manhã o provedor, esclarecendo que os restantes casos confirmados "estão devidamente isolados", dependendo a capacidade de resposta da instituição "do número de novos casos que surgirem".

Além do lar de idosos, a Misericórdia de Aljubarrota tinha em funcionamento as valências de creche e jardim-de-infância, "com entradas e todos os serviços separados", tendo em comum apenas "os funcionários administrativos", que ainda não têm resultados conhecidos.

O presidente da câmara, que nos dois últimos dias tem estado reunido com as autoridades de saúde e a Proteção Civil para avaliar o plano de contingência da instituição, tinha anunciado para o final do dia de hoje uma conferência de imprensa, agora adiada para quarta-feira por ainda não serem conhecidos os resultados da maioria dos testes aos trabalhadores.

Segundo o boletim de situação epidemiológica da Comunidade Intermunicipal do Oeste, divulgado às 11:00 de hoje, Alcobaça contava até segunda-feira com 66 casos confirmados, 27 dos quais ativos, 37 recuperados e dois óbitos, faltando ainda registar os novos casos identificados no âmbito deste surto.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 436 mil mortos e infetou mais de oito milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.522 pessoas das 37.336 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.