“Confirma-se a instauração de inquérito”, referiu a PGR, depois de questionada pela Lusa.

Também a unidade hospitalar, situada em Gaia, no distrito do Porto, adiantou ter aberto um processo interno para apurar os acontecimentos.

Além disso, e manifestando pesar pelo sucedido, o hospital garantiu que a família está a ser acompanhada por parte de profissionais de saúde.

A 12 de setembro, um bebé morreu cinco horas após o parto na Unidade de Cuidados Maternoinfantis desta unidade de saúde.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.