As detenções foram efetuadas pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real que, em comunicado, referiu que os seis homens possuem idades compreendidas entre os 42 e os 57 anos e estão “fortemente indiciados” pela prática dos crimes de tráfico e mediação de armas e de detenção de arma proibida.

A PJ explicou que desencadeou uma operação policial, em várias localidades do distrito de Vila Real, no âmbito da qual foram realizadas 12 buscas domiciliárias.

No âmbito desta operação foram apreendidos cerca de “35 quilos de alto explosivo (velas reodin), 600 detonadores, seis armas de fogo e 150 munições”.

De acordo com a Judiciária, esta investigação decorre há cerca de um ano e teve início numa outra investigação, por crimes contra a propriedade, tramitada na GNR.

Os empresários agrícolas vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de eventuais medidas de coação.

A Polícia Judiciária contou com a colaboração da PSP na realização das buscas e no acondicionamento e destruição do material explosivo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.