“O fundo será completamente transparente. O primeiro donativo para a sua existência é o [dinheiro do] Prémio Sakharov que o Parlamento Europeu me atribuiu”, avaliado em 50 mil euros, informou o próprio, na rede social Twitter.

O anterior Fundo de Luta contra a Corrupção, fundado por Navalny em 2011, foi liquidado por decisão judicial em 2021, depois de ser considerado extremista.

O oposicionista, autor de várias investigações sobre o enriquecimento de dirigentes russos, garantiu que as autoridades de Moscovo não conseguiram destruir a sua organização, que agora se reconverte em fundação global.

Navalny adiantou que a direção da nova organização vai ser integrada, além de Fukuyama e Applebaum, pelo ex-primeiro-ministro belga e eurodeputado Guy Verhovstadt e pela sua esposa, Yulia Naválnaya.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.