O anúncio do cessar-fogo foi efetuado pelo porta-voz do grupo rebelde Faylaq al-Rahmane.

O cessar-fogo surge numa altura em que ocorreram diversos ataques aéreos que atingiram hoje várias localizadas na zona controlada pelo Faylaq al-Rahmane, que causaram a morte de pelo menos 38 civis, anunciou o Observatório Sírio dos Direitos do Homem.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.