A derrota em Londres deixa o Manchester United, que na ronda anterior empatou com o Crystal Palace (1-1), na quarta posição, com 49 pontos, a oito do líder, que antes de entrar em campo viu o rival mais direto, o Manchester City vencer o Wolverhampton por 3-0.

No estádio Emirates, as duas equipas protagonizaram um jogo de resultado imprevisível até final, com o Manchester United a inaugurar o marcador aos 17 minutos, com um golo de Marcus Rashford, a culminar uma jogada que envolveu Bruno Fernandes, titular na formação orientada por Erik ten Hag.

A vantagem durou pouco, pois aos 24 minutos Eddie Nketiah, que ‘bisou’ aos 90 e acabou por desfazer o empate 2-2, marcou o primeiro golo do Arsenal, que ainda não perdeu em casa esta época.

Aos 53 minutos, Bukayo Saka protagonizou a reviravolta no resultado, colocando o Arsenal em vantagem, desfeita seis minutos mais tarde pelo argentino Lisandro Martinez.

O golo de Nketiah acabou por garantir o triunfo dos londrinos, que têm menos um jogo e manteve cinco pontos de distância para o campeão City, que se impôs aos ‘Wolves’ por 3-0, com um ‘hat-trick’ do norueguês Erling Haaland, que soma 25 golos em 19 jogos na liga inglesa e lidera destacado a lista de melhores marcadores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.