Segundo o subintendente Valente Pinho, apesar da necessidade de assistência médica a vários adeptos antes do dérbi de hoje, a ação policial decorreu sem sobressaltos, graças à colaboração dos adeptos. "Houve alguns adeptos assistidos, são feridas muito momentâneas. São pessoas que estão numa zona de pressão e necessitaram de assistência médica. Às vezes são quebras de tensão, outros por consumo excessivo de álcool. Há uma indicação de uma suposta vítima por rebentamento de petardo, na zona exterior ao estádio, ainda não conseguimos confirmar", afirmou Valente Pinho, salientando que se aguarda ainda a confirmação de uma detenção.

Segundo foi constatado no local, a entrada dos adeptos do Sporting, que se deslocaram do Estádio de Alvalade até ao da Luz a pé, decorreu sem sobressaltos e ordeira.

O último grupo de adeptos do Sporting entrou para o Estádio da Luz às 17:35 horas, 25 minutos antes do encontro começar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.