Num Estádio Municipal de Coimbra vazio, devido à covid-19, o FC Porto, reduzido a 10 jogadores desde os 38 minutos, por expulsão de Luis Díaz, marcou por Chancel Mbemba, aos 47 e 59 minutos, com o Benfica a reduzir por Carlos Vinícius, aos 84, na marcação de uma grande penalidade.

Os 'dragões', que não venciam a Taça desde 2010/11, quando tinha feito a última 'dobradinha', somou o 17.º troféu e igualou o Sporting, ficando a nove do Benfica, que é o recordista de troféus.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.