Em comunicado, o CD da FPF informou ainda que Jorge Nuno Pinto da Costa terá de pagar uma multa de 6.120 euros, pelas declarações proferidas ao Porto Canal, em 09 de março, dois dias depois do empate 1-1 entre FC Porto e Rio Ave, relativo à 24.ª jornada da I Liga portuguesa.

Na altura, o líder dos ‘dragões’ visou o árbitro Artur Soares Dias e o vídeo-árbitro (VAR), Vasco Santos, queixando-se de um alegado penálti sobre o maliano Moussa Marega que não foi assinalado.

O CD da FPF puniu ainda a SAD do FC Porto com uma multa de 10.200 euros.

A mesma sanção monetária foi aplicada ao Sporting, também por críticas à arbitragem, depois do empate 0-0 no reduto do Moreirense, da 30.ª jornada do campeonato, em 06 de julho.

Logo depois da partida, numa nota divulgada no site oficial, os ‘leões’ especificaram três erros do árbitro Tiago Martins e do VAR, Jorge Sousa, acrescentando que "bastou uma sequência de vitórias do Sporting Clube de Portugal para os árbitros começarem a ter erros inexplicáveis".

O emblema de Alvalade foi ainda punido com 5.040 euros de multa pela "prática de infrações" no encontro com o Rio Ave, da fase de grupos da Taça da Liga, disputado em 26 de setembro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.