A UKAD país referiu que o teste do atleta em questão, realizado em 2017, fora de competição, acusou positivo a clembuterol, substância habitualmente indicada para a perda de gordura, tendo assim infringido os regulamentos impostos.

Levine já teria aceitado o período de suspensão de quatro anos imposto pelo UKAD, em agosto passado, apesar de argumentar que um dos suplementos que tomava teria sido adulterado sem o seu conhecimento.

No currículo do atleta britânico de 29 anos destacam-se – naquela que é a sua especialidade, os 400 metros estafeta – a medalha de ouro conquistada nos Europeus de pista coberta de 2014, a prata nos Europeus de 2012, e a medalha de bronze nos Mundiais de 2013.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.