O Protechting, programa de captação e aceleração de startups da Fidelidade e a Fosun, desenvolvido com o apoio da Beta-i, arranca para a 4ª edição durante o mês de julho.

Nas três edições anteriores, das 494 startups, provenientes de 42 países, 33 projetos pilotos de startup continuam a manter colaboração com o Grupo Fidelidade e a Luz Saúde e “cinco assinaram acordos comerciais”, anunciou, em comunicado, a seguradora.

Este ano, o objetivo passa por “apoiar o desenvolvimento de projetos internacionais” com “uma preocupação acrescida nas temáticas do desenvolvimento sustentável”. Ou seja, embora mantendo a matriz que contribuam para melhorar a proteção das pessoas nas três áreas estratégicas, Healthtech, Insurtech, Fintech, apostam em projetos que “contribuam para uma maior criação de valor para a sociedade”.

A aposta na atração de startups de âmbito global levará o Protechting 4.0 a desenvolver ações internacionais de scounting durante a fase de candidaturas, junto de parceiros e em eventos de empreendedorismo na América do Sul, África, Europa e China”. Uma expansão geográfica que se alarga “aos países onde a Fidelidade está presente, como o Peru e Macau”, refere Jorge Magalhães Correia, Presidente da Fidelidade e Global Partner da Fosun que destaca ainda a aposta no “empreendedorismo social” em que se procura “integrar startups com valor acrescentado para a comunidade ao nível da sustentabilidade social”.

“Enquanto continuarmos a investir cada vez mais em inovação, teremos mais oportunidades no futuro”, salienta Guo Guangchang, Chairman do Grupo Fosun.

Dos 10 mil euros de prémio aos 350 mil de participação de capital

A Luz Saúde irá reforçar a sua participação no programa, bem como o Banco privado alemão Hauck & Aufhäuser, do Grupo Fosun, e a seguradora peruana La Positiva Seguros y Reaseguros irá, pela primeira vez, integrar a competição.

Para Isabel Vaz, CEO da Luz Saúde, o Protechting 4.0 “tem assegurado e promovido conexões entre startups e profissionais da área da saúde com evidente sucesso, conseguindo resultados efetivos na criação de valor para os doentes”. Por seu lado, Michael Bentlage, CEO da Hauck & Aufhäuser destaca que o programa “oferece uma oportunidade única de acelerar a mudança e transformar ideias em ações”.

A quarta edição do Protechting tem inscrições disponíveis entre julho e setembro. A fase de seleção terá depois lugar entre setembro e outubro e o Pitch Day para acesso ao Bootcamp (com 20 empresas) decorrerá em novembro.

Os três melhores projetos finais do Protechting 4.0 serão premiados com um roadshow na China, onde se apresentam a investidores mundiais e podem ainda beneficiar de uma participação de capital até 350 mil euros, ou integrar o seu negócio na Fosun, Fidelidade, Luz Saúde e Hauck & Aufhäuser. O vencedor, com o melhor projeto de negócio, será ainda distinguido com um prémio monetário no valor de 10 mil euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.