19:12 da noite, horário de verão, e Bellum, género neutro, de dez anos, chega à escola acompanhadx de seus pais, Madalena e Dinarte, e de Poros, inteligência artificial que trabalha para a família desde 2033, ano do Contrato Coletivo de Trabalho dos Robots. Vai entrar para o Ciclo da Cognição Média, antigo 5.º ano, e a expetativa não poderia ser maior. Estudará à noite, escolha dos pais, que têm escutado audiobooks de que os notívagos têm maior propensão para a criatividade. Madalena e Dinarte, respetivamente médica freelancer e oficial da Polícia Identitária, desejam com firmeza que a sua descendência se torne nxm podcaster influente ou numa estrela da Twitch.

Junto ao enorme portão cinza, no qual se cravou em baixo relevo a face de Musk, do Colégio Californiano, um antigo centro comercial requalificado no bairro de Jonas, na ponta ocidental de Lisboa, encontra-se uma multidão de pais, descendências-humanas-diretas, como Bellum, AI de criação própria e também órfãos da Submersão de 2029. Do lado oposto, de costas para uma ciclovia elevada, amontoa-se um batalhão de fotógrafos, uns humanos, a maioria AI, que capturam o momento do primeiro dia de aulas diretamente para a OfficialCloud, respondendo estoicamente às exigências dos encarregados de educação e dos discentes, desde ângulos diferentes, a repetição de sorrisos, entre carradas Beauty Boost na cara, pincelado apenas na cara de aqueles cujos pais provavelmente votaram que o produto não era cancerígena, na última SciPoll.

Os TeachingBots esperam os alunos no interior da cúpula do Colégio, ao lado de dois ou três professores humanos, os últimos da instituição, todos com mais de 95 anos. No centro desta comissão de boas vindas, a diretora da escola. Uma lindíssima inteligência artificial, feita a partir do modelo do corpo da eterna atriz italiana Claudia Cardinale, que falava com um timbre de quem seduz aqueles que tecnicamente não a podem fornicar.

“Depois da habitual terapia individual para aferir as suas inseguranças da criança, no sentido de saber em que safe space se encaixam, os novos alunos do Ciclo de Cognição Média iniciarão as aulas. Hoje já terão aulas de Geografia Espacial, Será a Terra Plana?, Literatura de Thread e Estudo do Ex-Meio. O nível aqui é avançado, espero não ter aqui ninguém com dúvidas no alfabeto emoji! De madrugada, há Educação Física, sendo que admito que há alguma pressão aqui, visto que, no ano passado, seis alunos do colégio foram selecionados para as Finais de Fortnite, no Gaming Hub do Jamor! Quanto à alimentação, os pais terão de enviar um recado se quiserem que o seu filho coma glúten, carne, peixe, derivados do leite, vegetais salteados ou água com gás. Tudo o resto, será alimentado de acordo com o Método da Injeção Nutritiva. Aviso também que primeira visita de estudo será às ruínas The Sweet Art Museum, para que possam ter noção de como a geração dos vossos pais destruíram a cultura. Ah ah ah, estou a brincar. As aulas de Português Twitteriano serão exigentes desde já, para que quando cheguem a Cognição Avançada tenham a capacidade de analisar os Os Maias, mas todos os adjetivos foram substituídos por ‘mêmo top’. Boa sorte a todos!”

Bellum avançou para o portão e entrou na escola. Uma contínua repreendia uma AI do 8.º ano. “Já no ano passado lhe disse que esses calções mostram demasiada perna biónica. Não tem vergonha?” Olhou para os pais comovidos, virou costas e seguiu para a sala de aula. Uma nova era havia começado.

Recomendações

Estes dois especiais de stand-up.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.