Tudo se passou no restaurante Casa de Pasto Carmo, em Faro. Zachery Dereniowski, sentando-se numa esplanada do estabelecimento, pede à empregada para lhe trazer apenas um bocado de frango assado porque alegadamente lhe tinham roubado a carteira.

A mulher, em resposta, responde não haver problema, que podia passar noutro dia para pagar. O canadiano pergunta-lhe então há quanto tempo trabalha ali, ao que a empregada responde que durante toda a vida, porque foram os seus pais a construir o restaurante, mas que o pai já lá não trabalha devido a uma infeção.

Pedindo para a proprietária, Maria do Carmo, vir conhecê-lo, Dereniowski admite que não se tinha esquecido da carteira e que, na verdade, vai pagar a conta com 500 euros, dada a generosidade a que foi sujeito.

Maria do Carmo a início recusa. "Ai, ai, ai, não... Guarda lá, meu amor", diz, enquanto afasta as mãos do canadiano. Dereniowski justifica a ação, dizendo que a proprietária e a sua filha "foram simpáticas" e que iam ajudá-lo perante a sua situação.

O vídeo termina com a dona do espaço a dizer que apenas tem de pagar 12,50 euros pela refeição, ao que influencer insiste que quer dar os 500 euros de gorjeta. "Não pode ser, meu amor", diz ainda Maria do Carmo, mas Dereniowski coloca-lhe o dinheiro nas mãos.

"Obrigada, do coração", diz Maria do Carmo, terminando um vídeo com um abraço entre os dois.

Consultando a página de Instagram de Dereniowski, percebe-se assim o intuito da ação. O canadiano, com 1,8 milhões de seguidores na plataforma, diz-se ser um influencer "a tentar fazer da simpatia uma coisa fixe".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.