Corduroy teve direito a uma conta no Instagram no mesmo dia em que o Guiness World of Records anunciou que era ele o gato mais velho do mundo, a 13 de Agosto de 2015, segundo conta a dona, Ashley Reed Okura, ao Daily Mail.

Ashley procura manter os seguidores de Corduroy no Instagram atualizados, postando novas fotos do gato e respondendo às mensagens que chegam. O gato já conta com mais de três mil seguidores.

De acordo com o Guinness, Corduroy nasceu no dia 1 de agosto de 1989 e foi adoptado por Ashley quando tinha sete anos. Se Corduroy fosse humano, teria hoje 121 anos.

Ready for bed? #catlove #oldestlivingcat #sircorduroy

Um vídeo publicado por Corduroy (@oldestlivingcat) a

Corduroy já tinha recebido o título de gato mais velho do mundo em 2014, mas perdeu-o para Tiffany Two, uma gata da Califórnia. Com a morte de Tiffany aos 27 anos, Cordoroy reconquistou o título.

Apesar de, como costuma dizer-se, já não ir para novo, Cordouroy "não age de todo de acordo com a sua idade", partilha Ashley com o jornal Mirror, explicando que o gato ainda gosta de saltar e deslizar nas escadas.

A dona acredita que o segredo da longevidade de Cordoury é o tempo que ele passa ao ar livre, apesar de também seguir um dieta especial de baixa proteína para proteger os rins.

Gostou de conhecer Cordoury? Acompanhe o seu dia-a-dia no Instagram.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.