A festa conta ainda com as participações de António José Zambujo e Ricardo Ribeiro.

Paulo Valentim realçou que “esta festa visa angariar meios financeiros para um Fundo Social de apoio à comunidade fadista, para este inverno”.

O fundo social, sublinhou Valentim, abrange a “toda a comunidade fadista” e não se circunscreve aos elencos das casas que constituem a associação.

O apoio será feito através da entrega de “vales de compras” numa cadeia de supermercados.

A ACFL assinou, em agosto, um protocolo com a Câmara de Lisboa que propõe “a implementação e desenvolvimento de várias iniciativas para promoção do Fado”.

A ACFL anunciou a realização de “duas iniciativas relevantes para o objetivo de promover o Património Cultural Imaterial da cidade e apoiar as casas de fado de Lisboa”: a produção de um magazine televisivo dedicado ao Fado e a realização da Festa do Fado.

A atual situação de pandemia levou à suspensão da atividade de várias casas de fado, colocando muitos fadistas e músicos sem outra forma de subsistência, um problema que “urge ultrapassar solidariamente”, disse.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.