Durante um encontro de cerca de hora e meia em Genebra, Suíça, como o seu homólogo russo, Sergei Lavrov, o chefe da diplomacia dos EUA também confirmou que Washington apresentará na próxima semana “respostas escritas” às exigências de Moscovo sobre a situação na Ucrânia.

Blinken também disse que exigiu a Lavrov provas de que a Rússia não tem planos para invadir a Ucrânia, como o Ocidente suspeita, perante a concentração de cerca de 100.000 soldados russos junto das fronteiras ucranianas.

O encontro de hoje, que decorreu num dos palácios nas margens do Lago de Genebra, faz parte de uma intensa atividade diplomática para tentar resolver a crise na fronteira da Ucrânia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.