Trata-se da mais jovem vítima da Covid-19 conhecida no Reino Unido até agora. A vítima mais jovem em num país europeu é uma menina de 12 anos, que morreu na Bélgica.

O jovem testou positivo na última sexta-feira, um dia depois de ter dado entrada no King's College Hospital de Londres, segundo um comunicado divulgado pela sua família, que disse estar "mais do que devastada".

"Infelizmente um jovem de 13 anos que testou positivo para a Covid-19 faleceu", confirmou um porta-voz do hospital.

Ismail "começou a apresentar sintomas e dificuldades respiratórias, e foi internado no King's College Hospital", explicou a família.

"Foi colocado sob assistência respiratória e em coma induzido, mas infelizmente morreu ontem [segunda-feira]", acrescentaram.

"Ainda que saibamos que é menos provável que os mais jovens possam sofrer formas severas da Covid-19 em comparação aos adultos, este caso reforça o importante ponto que é de se tomar todas as precauções possíveis para reduzir a propagação da infecção", explicou a médica Nathalie MacDermott, professora do King's College.

"É essencial manter as investigações para determinar porque é que algumas mortes acontecem fora dos grupos de risco da infecção", acrescentou MacDermott.

O Reino Unido registou 381 mortes esta terça-feira por causa do novo coronavírus, um recorde para o país, que já conta com 1.789 mortes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.