O "monólito" de metal misterioso apareceu no topo de uma montanha na Califórnia, apenas uma semana depois de uma estrutura semelhante ter captado a atenção do mundo quando foi descoberto no deserto do Utah, tendo depois desaparecido.

A imprensa internacional está a referir a descoberta como um "monólito", uma obra ou monumento construída numa só pedra — apesar de o objeto ser de metal.

Agora, conta o The Guardian, um grupo de jovens, alegadamente cristãos, destruiu o objeto, substituindo-o por uma cruz.

O objeto, que atraiu centenas de turistas curiosos, foi removido durante a noite. Um vídeo, publicado online, mostra a substituição por uma cruz de madeira, enquanto jovens cantam "Cristo é Rei".

Durante o vídeo, os indivíduos fazem comentários ofensivos e ingerem bebidas energéticas, enquanto referem Donald Trump e a teoria da conspiração do movimento QAnon.

O ato está a ser considerado como vandalismo. "Estamos chateados porque estes jovens sentiram a necessidade de conduzir cinco horas para entrar na nossa comunidade e vandalizar o monólito", disse a autarca de Atascadero, Heather Moreno, num comunicado à imprensa. "O monólito foi algo único e divertido numa época stressante", acentuou.

Até agora não se sabe quem foi o responsável pela instalação em Utah, na Roménia ou em Atascadero e as teorias não tardaram a falar de extraterrestres. Devido às associações cinematográficas, um porta-voz da Utah Film Commission disse não conhecer a origem do objeto. "Pelo que sabemos, o monólito que foi encontrado em Utah não é de uma produção de filme".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.