“Esta reunião teve lugar no âmbito dos contactos prévios tidos com o governo na negociação do Orçamento do Estado para 2020", anunciou o partido em comunicado.

Na reunião com Duarte Cordeiro, o partido foi representado pela deputada Joacine Katar Moreira e pelos dirigentes Isabel Mendes Lopes, Pedro Mendonça.

"Conforme já anunciado, o resultado destas conversações está a ser analisado, sendo hoje à noite tomada a decisão sobre o sentido de voto do Livre", acrescentou o partido, que é o único que ainda não revelou qual o sentido de voto para o Orçamento do Estado 2020.

No mesmo comunicado, o partido escreve que também esteve reunido com o Bloco de Esquerda, a pedido do Grupo de Contacto (direção) do Livre.

Após a audiência com o Presidente da República, o Livre tinha já anunciado que iria pedir reuniões a "todos os partidos de esquerda e ao PAN" para discutir o OE.

"O Livre transmitiu ao Bloco de Esquerda a sua avaliação das insuficiências da proposta de Orçamento de Estado e reiterou a necessidade de a esquerda trabalhar em conjunto na concretização dos objetivos de justiça social e justiça ambiental que o país precisa", pode ler-se no comunicado.

Segundo o partido, de ambos os lados foi demonstrada "a vontade de continuar contactos durante a fase da especialidade, para articulação de propostas e prosseguimento da agenda de cada partido, de forma a assegurar um orçamento efetivamente de Esquerda".

Na reunião com o BE participaram Luís Fazenda, Adelino Fortunato e Fabian Figueiredo, pelo Bloco, e Paulo Muacho e Safaa Dib, do Grupo de Contacto do LIVRE.

O convite foi também estendido ao PCP e ao PAN, que ainda não responderam ao Livre. O Partido Ecologista ‘Os Verdes' recusou o encontro, revelou ainda o Livre.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.