"Joe Biden é um velho e verdadeiro amigo de Israel", disse Benet antes de embarcar no avião rumo aos EUA, onde começará a agenda oficial na quarta-feira, culminando com um encontro bilateral com Biden, na quinta-feira.

Benet disse que abordará com o Presidente as medidas para "deter o plano nuclear iraniano", a principal questão que os divide, já que Biden se mostrou favorável à retoma das negociações nucleares com o Irão, o principal inimigo de Israel.

O primeiro-ministro disse querer lançar "um novo espírito de cooperação" com os EUA e assegurou que a vontade de colaborar com o principal parceiro de Israel servirá também para fortalecer "a relação especial e duradoura" entre ambos os países e a segurança do Estado judeu.

De acordo com os meios de comunicação israelitas citados pela agência espanhola de notícias, a Efe, Benet vai apresentar a Biden um novo plano estratégico para parar o programa nuclear iraniano sem a necessidade de assinar qualquer acordo.

Israel considera o Irão o seu principal inimigo na região, encara-o como uma ameaça existencial e acusa o regime iraniano de ter planos para obter armamento nuclear.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.