A "aguardente" que a Adega Cooperativa de Vidigueira produzir nos próximos dias não se bebe. Porquê? Porque a sua destilaria vai ser usada para fazer gel desinfetante que chegará a quem está na linha da frente do combate ao novo coronavírus, isto é, ao hospital de Beja e às unidades locais de saúde do Baixo Alentejo.

Esta aguardente não arranha na garganta, mas arranha o vírus. E não está sozinha. Também no Alentejo, da fábrica de Reguengos de Monsaraz que produz o gin Sharish sairá gel desinfetante.

São exemplos recentes de um esforço que tem mobilizado várias empresas no país. Do CEiiA, em Matosinhos, vêm ventiladores; em Lisboa, um grupo de voluntários do '#ProjectOpenAir' anunciou que conseguiu construir um ventilador de emergência para cuidados intensivos; das linhas de montagem da Science4you em vez de brinquedos saem agora óculos de proteção individual; a OPO'lab, que fazia figuras do museu do FC Porto e montras da livraria Lello, faz viseiras; da AUNDE Portugal saem máscaras.

Ainda não é tempo de brindar, que o caminho faz-se caminhando, mas há que sinalizar o esforço quem tem vindo a ser feito nas várias frentes para responder a esta pandemia.

Segundo o último relatório de situação da Direção Geral de Saúde, o novo coronavírus já infetou 11.730 pessoas em Portugal, 311 das quais acabaram por falecer. Mas há que destacar o número de recuperações, que quase duplicou, passando de 75 para 140.

Atualmente, Portugal tem capacidade para fazer 11 mil testes por dia. Há constrangimentos, mas a capacidade de testagem, garante o Governo, está a aumentar. Também há novidades sobre a entrega de material: até maio devem chegar ao país 1538 ventiladores, 508 dos quais até ao final desta semana.

Numa outra frente, o Instituto Ricardo Jorge, juntamente com outros países, vai avançar para testes de imunidade.

Entretanto a atualidade voltou a ficar marcada por um tema latente: devemos ou não usar máscara? Até ao momento não estava indicado o uso de máscara para proteção individual, exceto nas seguintes situações: para suspeitos de infeção por covid-19 e para pessoas que prestassem cuidados a pessoas com suspeitas de infeção.

De fora ficava assim a população em geral, com a nota que de "o uso de máscara de forma incorreta pode aumentar o risco de infeção, por estar mal colocada ou devido ao contacto das mãos com a cara. A máscara contribui também para uma falsa sensação de segurança", lia-se no site da Direção-Geral de Saúde (DGS).

No entanto, este fim de semana, o Conselho de Escolas Médicas Portuguesas (CEMP) defendeu o uso generalizado pela população de máscaras para combater a pandemia da covid-19. No mesmo dia, à noite, já a Ministra da Saúde assumia que a DGS foi aconselhada a equacionar a medida. Esperam-se agora novas diretrizes e a Ordem dos Médicos pede urgência neste parecer.

"Este vírus é um vírus novo, com características diferentes e à medida que passa o tempo vamos aprendendo coisas sobre a sua dinâmica", disse hoje Graça Freitas.

E lá por fora dois destaques no dia de hoje: o primeiro-ministro britânico, depois de dez dias de sintomas persistentes de infeção por coronavírus, nomeadamente febre alta, acabou mesmo por ser internado numa unidade hospitalar onde ficará "o tempo que for necessário". Em Espanha registaram-se 637 mortos devido ao surto de coronavírus nas últimas 24 horas. É, de acordo com o El País, o número mais baixo de vítimas fatais num único dia desde 24 de março.

Mas porque nem tudo é Covid-19, algumas sugestões para o serão:

Faça exercício

O Dia Mundial da Atividade Física é comemorado pela primeira vez online através da iniciativa #FicaEmCasa, organizada pela Associação Portuguesa do Desporto em Família (APDF) em parceria com o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Assim, entre as 09.30 e as 23:00 profissionais habilitados dão aulas dirigidas a toda a família em direto na página Facebook da Associação Associação Portuguesa de Desporto em Família. Pode acompanhar as aulas aqui.

Veja uma peça de teatro

Com texto de Maeterlink, numa produção Companhia de Teatro de Braga, a peça "Os Cegos" é transmitida hoje às 19:00 no site www.ctb.pt.

Mais tarde, o Teatro Experimental de Cascais exibe a peça de William Shakespeare, "As you like it", em live streaming, às 21:30, no YouTube da Companhia.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.