“A vida é uma lição em si”. Esta foi uma das mensagens que Luís Figo deixou no palco central da Web Summit no painel “Do footballers make good enterpreneurs”, ao lado de Ronaldinho, encerrando o primeiro dia da conferência de tecnologia que decorre em Lisboa.

O internacional português inspirou-se no clube que o formou (Sporting Clube de Portugal) e deixa um conselho a quem começa agora a dar os primeiros passos. “No clube onde me formei pode ler-se Esforço, Dedicação, Devoção e assim consegues a Glória”, disse, arrancando aplausos na plateia. “Ninguém te dá nada se não te dedicares ao trabalho e se não trabalhares”, continuou.

Menos falador (e expressando-se em português), Ronaldinho Gaúcho adicionou “à dedicação e ao esforço” outro elemento: “a alegria de se divertir”.

Figo e Ronaldo concordam que estar rodeado das pessoas certas “espertas e inteligentes” é meio caminho andado para o sucesso após terminar a carreira de futebolistas. Figo acrescenta ainda “as boas ideias”, “trabalhar duro” e ter “bons parceiros que possam oferecer condições financeiras para começar negócios”. 

Ronaldo reconheceu que, enquanto jogava, estava atento ao que o rodeava. “Vi o que outros atletas iam fazendo, o meu irmão que jogou e também se aventurou, despertou a minha curiosidade. Tive a sorte de ter as portas abertas”. Já Figo explicou que o despertar para o mundo dos negócios estava “nos genes”.

Num painel que procurava encontrar resposta a "podem os jogadores de futebol ser bons empresários?", o internacional brasileiro explicou que fazer o que se gosta é importante. “Foi isso que fiz enquanto jogava e pretendo fazer daqui para a frente”.

Figo explicou que o projeto Dream Football que desenvolve se apresenta como “uma alternativa ao Scounting”. Já Ronaldinho convidou o amigo Luís Figo para ser “o primeiro convidado para uma entrevista na Zoome Tv”, o projeto que apresentou na Web Summit. 

Ronaldinho marca golos nas redes sociais e ainda pensa em futebol  

Ronaldinho Gaúcho é estrela planetária dentro e fora dos relvados. Pop star das redes sociais está aos 36 anos sem clube. Não sabe se vai pendurar as chuteiras para o ano. Projetos não lhe faltam. Depois de andar pela música e reality shows, Zoome é o último deles. Uma nova carreira para acompanhar numa rede social.  

“Ainda não sei se jogo mais um ano”, afirmou Ronaldinho, que está atualmente sem clube.

A bola foi sempre um amigo fiel desde tenra idade. “Andava sempre a tocar uma no pé, fosse a caminho da escola” ou em casa, ou quando “jogava com o cão”. Sente “falta” do jogo depois de “mais de 20 anos a jogar”. No entanto, a sua vida desportiva e pública nunca se esgotou nas quatro linhas. À margem da carreira de futebolista e dos relvados, as suas aparições entendiam-se a reality shows, projetos de música ou à “escolinha de futebol”.  

Não pisa os relvados desde setembro 2015 mas nas redes sociais tem 34 milhões seguidores no Facebook, 15 milhões no Instagram e 14 milhões no Twitter.

Na Web Summit lançou a Zoome TV, uma app que pretende ser uma combinação de TV on-line com canais à medida e rede social de vídeo. Com a atração de aproximar o craque da sua rede de fãs. 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.