com o apoio MEO
Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui

Vacinar quase tudo

Pedro Soares Botelho
Pedro Soares Botelho

As questões em torno da vacinação contra a covid-19 são várias desde praticamente as primeiras notícias da pandemia, vamos nós a caminho de dois anos. Da incerteza cronológica até ao esforço de vacinar milhões de pessoas em centros por todo o país, Portugal coloca-se nos lugares cimeiros das taxas de vacinação.

Hoje, com 72% da população com a vacinação completa, é possível olhar para a frente e encontrar — já a partir da próxima semana — 85 a 86% da população com pelo menos a primeira dose de uma das vacinas contra a covid-19.

Segundo o relatório de vacinação divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde, até domingo havia já 7.399.577 pessoas que tinham concluído o respetivo esquema vacinal e 8.264.586
pessoas que tomaram uma dose.

Em comparação com o relatório anterior, divulgado na semana passada, o número de pessoas com a vacinação completa cresceu seis pontos percentuais, ao passo que com a primeira dose esse aumento foi somente de quatro pontos percentuais.

Em termos etários, a população acima dos 65 anos de idade está praticamente toda vacinada, com 99% a ter a primeira dose e 97% a registarem a vacinação concluída (que inclui também as pessoas que completaram o esquema vacinal na sequência de infeção prévia). Os mesmos valores repetem-se para os idosos com idade igual ou superior a 80 anos.

Já em relação à população mais jovem, que entrou mais tarde no processo de vacinação, é possível verificar que 19% dos jovens (faixa etária dos 0 aos 17 anos) já foram inoculados com uma dose, sendo que o atual plano prevê desde este mês a administração da vacina a partir dos 12 anos sem restrições. Entre os 18 e os 24 anos, 73% (571.163) iniciaram a vacinação e 39% (306.454) completaram o esquema.

Relativamente à população em idade ativa, entre os 25 e os 49 anos e entre os 50 e os 64, há 87% e 97%, respetivamente, de pessoas com a primeira dose, enquanto a vacinação completa destes grupos etários se traduz em 74% e 91%.

Assim, o coordenador do plano de vacinação contra a covid-19 admite que na próxima semana a taxa de vacinação com primeiras doses atinja os "85 ou 86%".

"Para a próxima semana, atingiremos, com a ajuda dos portugueses, dos últimos portugueses que têm que vir à vacinação, 85 ou 86% [da taxa de vacinação]. E o processo em termos de primeiras doses está completo. Depois é o processo de segundas doses", afirmou o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, na Guarda.

"Nós somos um povo extraordinário, um povo esclarecido, que tem um saber e uma cultura muito enraizada e estou convencido que vamos encurralar o vírus da única forma que há, que é tirar-lhe toda a capacidade de manobra, tirar-lhe ‘toda a água para ele nadar,’, como eu digo muito nas minhas analogias marítimas, e ‘secar’ esse vírus", ilustrou Gouveia e Melo.

Jornais do dia

  • Correio da Manhã
    Correio da Manhã
    25 Agosto 2021
  • A Bola
    A Bola
    25 Agosto 2021
  • Público
    Público
    25 Agosto 2021
  • Diário de Notícias
    Diário de Notícias
    25 Agosto 2021
  • Jornal I
    Jornal I
    25 Agosto 2021
  • Caras
    Caras
    25 Agosto 2021

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.
mookie1 gd1.mookie1