A Rússia colocou com sucesso, esta terça-feira, um satélite iraniano no espaço, reporta a BBC. O foguete modelo Soyuz foi lançado a partir de uma base Russa, em Baikonur, no Cazaquistão.

Bastaram nove minutos para colocar o foguetão, chamado Khayyam, em órbita. O nome é de um cientista iraniano que viveu entre os séculos XI e XII.

Segundo as autoridades iranianas, o dispositivo está equipado com câmaras de alta resolução que servirão para monitorização ambiental, mas os EUA desconfiam que o mesmo servirá outros propósitos, nomeadamente, interesses russos como espiar as tropas na Ucrânia.

De acordo com a Associated Press (AP), o Irão já afirmou que terá total controlo do satélite e que mais nenhum país terá acesso à informação recolhida reforçando que o mesmo terá propósitos civis e não militares.

Se correr tudo bem, até à entrada em funcionamento, a capacidade tecnológica deste satélite habilita o Irão em monitorizar os seus países vizinhos, incluindo Israel, avança a AP.

*com AP

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.