“Após o incidente verificado no passado fim de semana, com o rebentamento do quadro elétrico” do edifício, “os utentes podem (…) recorrer à sua unidade de saúde entre as 10:00 e as 18:00”, segundo uma nota que o gabinete de relações públicas da ARS enviou à agência Lusa.

No texto, é salientado que “a pronta intervenção da ARS, através do Departamento de Instalações e Equipamentos e do Gabinete de Sistemas de Comunicações, dos serviços competentes da Câmara Municipal e dos Bombeiros Voluntários de Miranda do Corvo possibilitou ultrapassar o problema em tempo útil”.

Uma explosão no quadro elétrico do Centro de Saúde, no distrito de Coimbra, obrigou, no domingo, ao encerramento dos serviços aos utentes e a mudança dos cuidados médicos a doentes agudos para a Extensão de Saúde de Semide, também no concelho de Miranda do Corvo.

As consultas programadas para os últimos dias não foram efetuadas por falta de capacidade de resposta.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.