Houve magia no Dragão, há magia em Liverpool e haverá magia no Parque das Nações

Tomás Albino Gomes
Tomás Albino Gomes

É uma coisa para a qual não sinto que exista uma explicação científica, mas, por esta altura do ano, em que o Natal se aproxima, uma grande parte dos meus amigos revê todos os filmes da saga Harry Potter. Eu, fã confesso do mundo mágico do rapaz que sobreviveu, tendo a alinhar e este ano até fui mais longe e propus-me a ler todos os livros até ao final do ano.

O que é que isto interessa? Bem, é que a partir de amanhã há um excelente motivo para interromper a sua maratona com a abertura ao público de “Harry Potter - A exibição”, no Pavilhão de Portugal, em Lisboa.

Serviam estes dois parágrafos para lançar o belo texto da Carolina e da Rita sobre a exposição, em relação ao qual estou agora reticente. É que, não lhe vou mentir, há spoils. Mas vou deixar ao critério do leitor.

É bonito que a data coincida com o dia em que, em 2003, Lionel Messi subiu ao relvado do estádio do Dragão, na inauguração do mesmo, para com apenas 16 anos cumpridos alinhar os primeiros minutos pela equipa sénior do FC Barcelona, ele que é um dos maiores magos da nossa geração. Vale a pena recordar.

E se é de magia que falamos não posso terminar esta crónica sem referir o artigo do Pedro Carreira sobre o segredo que faz deste Liverpool o maior (e melhor) clube da atualidade. E isto faz-me crer em algo que eu sou reticente: a magia dos números.

Ainda assim, a melhor notícia de hoje é que amanhã é sábado e essa não posso ser eu a dar-lhe, não é? Portanto, vamos às sugestões para preencher 48 horas de puro descanso:

Para ler: acompanhe-me neste desafio de ler os sete livros da saga Harry Potter até ao final do ano.

Para ler (agora a sério): Esta história incrível de Tom Hanks.

Para ver: A Netflix lançou recentemente novas temporadas de duas séries que eu adoro: “BoJack Horseman” e “O Método Kominsky”. Vale a pena.

Para ver 2.0: Fui ao cinema ver Parasitas. E sabem quando levam as expectativas tão lá em cima e o filme corresponde exatamente a isso? Seja qual for a resposta, vão ver o filme.

Para ouvir: O novo álbum de Slow J. Sei que já não é assim tão novo assim, mas está ótimo.

Jornais do dia

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.
mookie1 gd1.mookie1