O dia mal tinha começado a raiar e as notícias já assinalavam que a natureza não tinha dado tréguas na Nova Zelândia: o vulcão Whakaari tinha explodido e pelo menos cinco pessoas perderam a vida. De acordo com as últimas informações, oito continuam desaparecidas. Pode continuar acompanhar o caso, aqui.

Por cá, o um dos temas do dia passou pelo Governo anunciar que quer "melhorar" as condições de denúncia para evitar os "casos gigantes". Não foi um tema que surgira ao acaso. Afinal, a 9 de dezembro, assinala-se o Dia Internacional de Combate à Corrupção — e a convicção do Governo é de que é necessário encontrar formas de investigar e julgar em menos tempo. Para isso, o presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público sugeriu que a ex-Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal, dirigisse o grupo de trabalho que vai definir "uma estratégia nacional, global e integrada de combate à corrupção".

Outro assunto que marcou a diáspora: a Agência Mundial Antidoping (AMA) agitou o mundo desportivo desta manhã ao informar que a Rússia está fora das grandes competições nos próximos quatro anos — o que significa que o país não disputará os Jogos Olímpicos Tóquio2020 nem o Campeonato do Mundo de Futebol Qatar2022 — por ter falsificado os dados dos controlos entregues à entidade. E é aqui que Ícaro pode ajudar a perceber um bocado a situação. Não tanto sobre o Ícaro mitológico, filho de Dédalo, que voou demasiado próximo do sol com asas de cera, mas antes o documentário da Netflix. É um acesso privilegiado que dá uma visão bem privada do que se passa entre o mundo do desporto russo e a alegada ligação direta do Kremlin com este. 

Aproveitando o mote da Netflix para tocar noutro tópico: hoje foram conhecidos os nomeados dos Globos de Ouro — e a plataforma de streaming pode esfregar as mãos de contentamento. Porquê? Porque dominou tanto em filmes como em séries. (Analisada a lista completa podemos concluir que as plataformas de streaming em 2019 agarram a atenção dos membros da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood.) E há alguns snubs — aqueles que ficam de fora e que muitos dão por sua falta. O mais grave, quanto a este que assina esta crónica, passa por não haver um espacinho para Watchmen. Há outros, como When They See Us, mas custa mais acreditar este que fica fora dos eleitos. 

Conan Osíris — ou Tiago Miranda — vai pisar pela primeira vez o Coliseu de Lisboa daqui a três dias. Ao SAPO24, deu uma entrevista onde desvenda um pouco do concerto que será em formato arena. Porém, o autor de "Telemóveis" vai mais longe e aborda não só um fim de ciclo, mas também "um namoro que se prolongou durante estes dois anos e que dá agora em casamento".

No desporto, Jorge Jesus despediu-se desta edição do Brasileirão com uma derrota pesada diante o Santos. E, como em tudo o que envolve o técnico de 65 anos, há opiniões — que se dividem. Há quem diga que o resultado não interessa porque se tratou dum "jogo a feijões", há quem diga que a cabeça do português já está a preparar a próxima temporada ou, mais radical, JJ está a pensar nela mas noutras paragens. Portanto, impõe-se a questão: O que faria se fosse Jesus? Há objetivos a conquistar no Brasil ou está na hora de mudar de ares?

Por fim, deixo a questão para apreciadores: será que existe uma "coleção perfeita" de uísques? Uma casa de leilões escocesa acredita que sim — e até a vai colocar à venda. 

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.