Castelo Branco e Santarém

Terça-feira, dia 23

  • O incêndio que deflagrou no sábado em Vila de Rei e se propagou ao concelho de Mação foi hoje dominado, anunciou a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil. A informação foi avançada aos jornalistas pelo comandante do Agrupamento Distrital do Centro Sul, Luís Belo Costa, durante um ponto de situação, às 13:00 desta terça-feira, no posto de comando instalado na Escola Secundária da Sertã.
  • O dispositivo vai manter-se no terreno.
  • Há mais dois feridos ligeiros a registar: 41 vítimas assistidas — destes 17 com ferimentos, dos quais há apenas um ferido grave, internado em Lisboa, "a evoluir favoravelmente", segundo o INEM.
  • O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, desloca-se esta tarde aos concelhos afetados pelos incêndios de Vila de Rei e Sertã e visita os postos de comando operacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Segunda-feira, dia 22

  • O presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) reforçou que não considera que a ausência dos Kamov tenha prejudicado o combate aos fogos. Todavia, afirmou ser desejável que os "helicópteros Kamov integrem o dispositivo" quanto antes.
  • O Ministério da Administração Interna informou, em comunicado enviado às redações, que "Portugal solicitou assistência bilateral a Espanha". Assim, "Espanha disponibilizou de imediato dois aviões pesados anfíbios, que deverão operar no incêndio de Vila de Rei já esta tarde."
  • Desde as 11:00 estiveram a operar quatro aviões bombardeiros bem como um avião de coordenação que tem feito as imagens por infravermelhos que permitem identificar as zonas de maior risco, dada a intensidade do calor.
  • Os bombeiros estiveram a combater alguns reacendimentos do incêndio, que, pouco depois das 10:00, estava sem qualquer chama ativa, de acordo com a Proteção Civil. A indicação das povoações que podem vir a estar na linha de fogo, caso este reacenda e se torne difícil de controlar – nomeadamente, de Chaveira, Chaveirinha e Casais de São Bento (Mação) e Vergão (Proença a Nova) – é apenas “um dos cenários possíveis”, estando meios pré posicionados em todo o perímetro.
  • No balanço feito pelo INEM às 13:00, registavam-se 12 feridos: onze ligeiros e um grave, um civil ficou ferido no sábado e está internado no hospital de São José, em Lisboa.

Domingo, dia 21 

  • As Forças Armadas instalaram uma cozinha numa escola de Vila de Rei, onde estão a ser confecionadas as refeições para os cerca de mil operacionais, admitindo a proteção civil que possam ocorrer “falhas pontuais” numa operação logística desta dimensão.
  • Quinze aldeias das 23 existentes na freguesia de Cardigos, Mação, estiveram na tarde de domingo em perigo devido às chamas que lavram naquele concelho do distrito de Santarém.
  • A RTP dava conta de que pelo menos duas habitações arderam em Sarnadas, Mação. Mais tarde, o comandante do Agrupamento Centro Sul, Belo Costa, confirmava que o incêndio de Vila de Rei e Mação já atingiu algumas habitações sem que neste momento haja um número quantificado, segundo a proteção civil. O levantamento das casas afetadas ainda não foi realizado.

Viseu

Segunda-feira, dia 22

Reações

  • Por seu turno, esta segunda-feira, dia 22, o primeiro-ministro, António Costa, afirmou que se tratava dum "momento para deixar os profissionais fazerem o seu trabalho". No entanto, ressalvou que os autarcas são os "primeiros responsáveis pela proteção civil em cada concelho", ao responder a críticas como a do vice-presidente da Câmara de Vila de Rei sobre a prevenção dos incêndios.
  • Também foi nesta segunda-feira, dia 22, que o presidente da câmara de Mação (Santarém) pediu maior “transparência” na divulgação de como os meios de combate aos incêndios são “balanceados” no terreno, lamentando que se diga que são os necessários quando há populações “desprotegidas”.
  • O secretário de Estado da Proteção Civil, Artur Neves, afirmou no domingo, dia 21, que a grande prioridade das forças que combatem o incêndio é a proteção das pessoas e das aldeias.

(Última atualização às 13:47 de 23/07)

Saiba como se proteger dos incêndios.

Incêndio em Sarnadas, Mação. 21 julho 2019. créditos: EPA/PAULO NOVAIS

 

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.