com o apoio MEO
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Nem só de greve vivem as notícias

Inês F. Alves
Inês F. Alves

É certo que desde segunda-feira não se fala de outra coisa. As televisões fazem ponto de situação nas bombas de gasolina (quase sempre para assinalar que tudo decorre dentro da normalidade), os meios digitais (SAPO24 incluído) vão acompanhando ao minuto o desenrolar do braço de ferro, os alertas no telemóvel pouco se desviam do assunto. Mas acredite nas minhas palavras: nem só de greve vivem as notícias.

A começar, viajemos para Norte: “O momento era solene. Matt Berninger vira o microfone para o público, uma guitarra acústica pousa suavemente no ar. Canta-se 'Vanderlyle Crybaby Geeks', o tema com que os National têm encerrado os seus espetáculos, de lágrimas nos olhos e mão no peito. É um hino, assim como 'Mr. November' o foi por largos anos (e, para muitos, ainda continua a sê-lo)”.

relato é do Paulo André Cecílio e as fotografias de Rita Sousa Vieira. O Vodafone Paredes de Coura arrancou quarta-feira e esta dupla assentou arraiais até ao final do festival, pelo que não lhe vão faltar motivos — ou não fosse este excerto o bastante para provar isso mesmo — para passar pelo SAPO24 e ficar a par do que se vai ouvindo nas margens do Coura.

Ainda no que à música diz respeito: Woodstock foi há 50 anos. Foi perfeito? Não — lama, pouca comida, engarrafamentos caóticos, helicópteros que tiveram de levar os artistas até ao palco, duas mortes. Mudou o mundo? Sem dúvida. Pelo que para marcar a data, o Paulo André Cecílio (antes de rumar a Norte) fez uma seleção de dez músicas que contam a história deste festival que ficou para a História.

Mas rumemos a outra geografia para recuperar um tema que nem sempre chega aos destaques dos jornais: José Couto Nogueira faz uma análise à atuação de Volodymyr Zelenski, o ator e comediante que é agora Presidente da Ucrânia e que com o seu sorriso fresco, uma aparente inocência e alguma popularidade até junto dos russos está a refrear os ímpetos de Putin. Para ler aqui.

Ainda “fora de casa”, destaque para as movimentações de Corbyn no Reino Unido para travar um Brexit sem acordo (mesmo que a ideia colha apoios, o líder trabalhista está longe de ser uma pessoa consensual na política britânica) e destaque para Trump, que quer sentar-se à mesa com Xi Jinping para discutirem as tensões que abalam Hong Kong desde há mais de dois meses (isto depois de se ficar a saber que há movimentos paramilitares na fronteira do território. A tal paciência de chinês parece estar a esgotar-se).

E agora de olhos postos na redondinha: ficou a saber-se hoje que Cristiano Ronaldo é um dos finalistas do prémio de melhor jogador da UEFA da época 2018/19, juntamente com o adversário do costume, o argentino Lionel Messi, e também o holandês Virgil van Dijk. Resultados só no dia 29 de agosto.

De regresso a casa, para que a volta seja perfeita, destaque ainda para o Sporting de Braga que se qualificou hoje para o 'play-off' de acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Então, já o consegui convencer de que o mundo não gira à volta da greve dos motoristas? Espero que sim, mas se ainda assim este é o tema que não quer perder de vista, o SAPO24 criou um artigo que funciona como um dossier em permanente atualização.

Se está em período de férias: desejo-lhe bom descanso, se amanhã regressa ao trabalho: coragem.

Nós estaremos por aqui, à distância de um clique.

Hoje o dia foi assim por Inês F. Alves

Jornais do dia

  • Visão
    Visão
    22 Agosto 2019
  • Sábado
    Sábado
    22 Agosto 2019
  • Correio da Manhã
    Correio da Manhã
    15 Agosto 2019
  • Jornal de Negócios
    Jornal de Negócios
    16 Agosto 2019
  • Record
    Record
    15 Agosto 2019
  • Le Figaro
    Le Figaro
    16 Agosto 2019

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.
mookie1 gd1.mookie1