• O discurso presidencial de Oprah
    A reação imediata de muita gente após ouvir o galvanizante discurso de Oprah Winfrey foi escrever “Aqui está, Oprah 2020”. Já várias vezes tinha sido sugerida a possibilidade de a mais poderosa comunicadora, anfitriã de talk shows, nos Estados Unidos
  • A complexa e ameaçadora crise no Irão
    O ano de 2018 entra de rompante com uma crise num dos países que se tornou potência central no xadrez do Médio Oriente, com o risco de tomar proporções internacionais: o Irão do presidente Rohani está confrontado com seis dias consecutivos de crescen
  • Valha-nos o Papa
    Quando a política renuncia, Francisco denuncia, sem perder tempo: no discurso natalício, o mais marcante em cada ano no Vaticano, não se emaranhou em artifícios diplomáticos e interveio com palavras claras sobre o conflito entre Israel e a Palestina:
  • A Catalunha suspensa
    O resultado do voto de hoje na Catalunha segue incerto. O mais provável é que o heterogéneo bloco independentista tenha mais deputados do que o constitucionalista espanholista, mas o caminho para a independência vai continuar barrado pelo poder do es
  • A anómala eleição empatada
    Esta é uma eleição com campanha anómala. Os catalães votam depois de amanhã e o cabeça da lista que, nas projeções, tem o maior número de deputados (Oriol Junqueras, da Esquerda Republicana da Catalunha) segue na prisão, e o mais citado como preferid
  • Spielberg puxa pela épica do jornalismo
    Está quase a começar a época dos grandes prémios anuais à criação em cinema. A temporada começa já em 7 de janeiro, em Beverly Hills, Los Angeles, com os Golden Globes, atribuídos pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA). O anúncio
  • O "efeito de mártir" na campanha catalã
    Já começaram as duas semanas de campanha para as eleições, daqui a 17 dias (21 de dezembro), na Catalunha. Há várias evidências: os moderados e conciliadores não estão a ter espaço nesta eleição; mais do que apresentar ideias estimulantes para o futu
  • Conseguem dispor-se a recoser a Catalunha?
    Oriol Junqueras, o líder do partido ERC (Esquerda Republicana da Catalunha), que encabeça todas as sondagens sobre as eleições catalãs marcadas para daqui a três semanas, está, desde o começo do mês, na cadeia, por rebelião. O presidente cessante do
  • Incerteza em Berlim
    É uma boa notícia para a Europa que Merkel tenha recusado ceder aos liberais FDP. Eles exigiam o estratégico posto de ministro das Finanças no governo da Alemanha para porem em ação o seu plano de travagem de qualquer ambição de solidariedade finance
  • A incerteza como princípio
    Um populista contra o sistema, instalado na presidência dos Estados Unidos como se continuasse a apresentar o show que o tornou famoso na TV, com a Sala Oval da Casa Branca redecorada com tons dourados, e a proclamar constantemente no Twitter o sloga
  • Vamos todos discutir estes paraísos?
    Os paraísos fiscais são a demonstração de que há umas regras que permitem aos super-ricos, às multinacionais e a algumas celebridades escaparem às obrigações fiscais a que estão sujeitas as pessoas e empresas comuns. Embora cada euro ou dólar que ess
  • A Catalunha anuncia-nos o século XXI?
    A crise catalã, agora em fase de perplexidade e cansaço mas com continuada incerteza, aparece-nos como anúncio de uma tendência que temos pela frente neste século XXI: o nascimento de novos países. É uma ebulição política e social que nunca parou e q
  • A Catalunha pode escapar ao precipício?
    O desastre que parecia inevitável já está a acontecer na Catalunha. Em vez de diálogo político é imposta a força de quem mais a tem, repressão em nome da legalidade. O confronto entre Madrid e Barcelona (e vice-versa) dá o salto para o desconhecido,
  • A Europa está mais fechada em Viena
    No coração da Europa, num pequeno mas rico país, com história que mostra densidade cultural, está agora dado um sinal claro: está a cair a linha divisória que na tradição europeia dos últimos 70 anos separou as forças políticas conservadoras das de e
  • O silêncio do Rei
    Cláudia, tem 23 anos, e estuda publicidade. Jordi, 37, é enfermeiro. Yolanda, 45, é consultora de comunicação. Olga, 48, é designer. Andreu, 74, é monge. Todos são catalães e meus amigos. Discutimos muitas vezes a questão do separatismo catalão. Até
  • Rumo a um lugar na história da Europa?
    O euroceticismo marcou pontos nas eleições alemãs. Mas Merkel já mostrou nos últimos 12 anos que não se deixa ficar cercada. Talvez esteja criada uma boa ocasião para a chanceler, no seu quarto e, certamente, definitivo mandato, elevar o seu estatuto
  • Mandela, Xanana e Aung San Suu Kyi
    Xanana Gusmão apareceu-nos como uma bela história nos anos 90 do século XX. Ele era um dos principais símbolos da corajosa luta do povo de Timor pela liberdade e independência. O guerrilheiro Xanana fora capturado pelos ocupantes indonésios em 1992,
  • O Harvey em Houston, teste ao furacão Trump
    É um dilúvio. Em apenas três dias caiu, incessante – e continua a cair -, mais do que a chuva esperada em todo um ano. Batida por ventos com rajadas que atingiram os 200 quilómetros por hora. Houston, a quarta cidade mais populosa (2,4 milhões de hab
  • Strangelove em 2017
    Viria mesmo a calhar podermos ver ou rever por estes dias Dr. Stangelove. O filme do genial de Stanley Kubrick é uma sátira brilhante, realizada há 53 anos, então num tempo crítico da Guerra Fria, logo a seguir à altíssima tensão entre EUA e URSS por

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.
mookie1 gd1.mookie1